sexta-feira, 6 de junho de 2014

Serra de Arada


Na Neblina

Estranho caminhar na neblina!
Solitários estão os arbustos e as pedras.
As árvores não se veem entre si,
todas estão sozinhas.

Cheia de amigos era minha vida
quando a vida me era leve.
Agora que cai a neblina,
não me resta ninguém.

Ninguém alcança a sabedoria
se não conhece a escuridão
que silenciosa e inevitável
de tudo nos separa.

Estranho caminhar na neblina!
Viver é solidão.
Ninguém conhece ninguém,
todos estamos sós.

Herman Hess